Em reportagem publicada ontem no portal online da Folha de S. Paulo conhecemos a história de um padre que tem um hobby um tanto… diferente. Natanael Pires, de 42 anos, exerce o sacerdócio desde os 30 e, recentemente, tem provado que é possível conciliar os compromissos paroquiais com outras atividades. Natanael é roqueiro e participa de um clube de motociclistas cristãos.

Isso mesmo! E ele faz o tipo clássico, com capacete e óculos escuros pretos, colete de couro com caveira estampada, uma trilha sonora que segue a linha da banda britânica Iron Maiden e, claro, –  não poderia deixar de ter – um grande anel com a imagem de Nossa Senhora Aparecida que ajuda a proteger e a guiar o piloto.

A vizinhança de Pirituba, Zona Norte de São Paulo, adora esse estilo alternativo do Padre. Até mesmo o pároco da igreja Nossa Senhora do Retiro disse nunca ter visto sacerdote andar de moto, até que Pires chegou à paróquia.

Na reportagem, Natanael conta que é preciso ter coragem para fazer o que faz e saber “fazer uso” do seu estilo de vida, sem renunciar aos compromissos que firmou com a Igreja Católica. Prova disso são as atividades que desenvolve com o grupo de motociclistas que frequenta, o In’Omertà.


O clube, que não aceita pessoas ateias, desenvolve um trabalho social engajado que desenvolve ações como distribuir cestas básicas, até trabalhar com dependentes químicos. Não só no clube In’Omertà , mas também em outros motoclubes, o padre roqueiro diz rezar missas e benzer coletes e capacetes. Ele ressalta que a própria moto virou uma ferramenta de evangelização.

Para conferir a matéria completa, acesse: www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/03/1609806-padre-frequenta-motoclube-e-sai-de-colete-de-couro-com-caveira-pelas-ruas.shtml?cmpid=facefolha

Por Catholicus Entretenimento com informações e reprodução de imagem de Folha.uol.com.br

Compartilhe:

Faça um comentário