Papa Francisco | Imagem: reprodução

Papa divulgou ontem (12) a exortação apostólica pós-sinodal “Querida Amazônia”.

Após tantos rumores de que o Papa Francisco liberaria a ordenação para homens casados, teve-se a confirmação de que tudo não passava de uma possibilidade que não foi levada a diante.

Leia mais:
Papa reza por vítimas do coronavírus e guerra da Síria

Nesta quarta-feira (12), o Santo Padre divulgou a exortação apostólica pós-sinodal, em que nega a ordenação de homens casados.

Como solução para evangelizar a Amazônia, Francisco pediu o envio de pessoas missionárias ao local.

Outro pedido do Santo Padre foi que os bispos, em especial da América Latina, busquem “promover a oração pelas vocações sacerdotais e também a ser mais generosos, levando aqueles que demonstram vocação missionária a optarem pela Amazônia”.

Leia mais:
O que é a famosa água de Lourdes?

Mesmo com o envio de missionários para o local, ainda existe grande preocupação acerca dos sacerdotes pois, segundo o Papa, leigos podem anunciar a palavra, ensinar e celebrar alguns sacramentos, porém não podem celebrar a eucaristia.

Fonte: ACI Digital

Compartilhe:

Faça um comentário