Alexandre Xavier, de 18 anos, enviou carta ao pontífice depois que ele encerrou ciclo como coroinha. Em resposta, Papa orienta que ele procure um pároco para ajudá-lo na escolha vocacional.

Um estudante de Caçapava, no interior de São Paulo, se emocionou ao receber uma carta com o brasão do Vaticano. O pequeno envelope trazia a resposta do Papa Francisco de uma carta que ele enviou pedindo ajuda para escolher a vocação. A correspondência foi recebida na última sexta-feira (10).

Após encerrar o ciclo de cinco anos como coroinha, o estudante Alexandre da Silva Xavier, de 18 anos, resolveu escrever uma carta para o Papa para agradecer tudo que lhe foi proporcionado neste período e pediu oração para ajudá-lo a descobrir sua vocação.

Veja também:
A relação com Deus pode ser vivida no ambiente digital, diz padre
Nossa Senhora nos ensina como restaurar uma alma despedaçada

“Eu sei de amigos que mandaram cartas para o Papa, mas nenhum recebeu uma resposta. No início eu fiquei com medo de mandar e de ficar triste por não receber resposta, mas quando deixei de ser coroinha, precisava agradecer e pedir oração porque não sei se serei padre ou me casarei”, disse Alexandre.

A resposta assinada pelo assessor do Vaticano, monsenhor Paolo Borgia, a pedido de Francisco, com data de 23 de outubro, agradece a carta enviada, diz que o Papa a recebeu com estima e pede que o jovem procure um padre para lhe ajudar na vocação.

“O Papa Francisco, como seu conhecido desejo de levar conforto e esperança a todos os que passam por dificuldades, manda dizer que reza pelas intenções mencionadas na sua carta e que talvez seja conveniente procurar obter junto de um sarcertote esclarecido aquelas explicações ou conselhos que o seu caso possa exigir”, diz trecho da carta.

“Eu não acreditei quando recebi, meu coração palpitou muito. Eu sinto que preciso me entregar cada vez mais para Ele, mostrar todo meu potencial. Gostei tanto que já procurei orientações na paróquia e estou aberto para entender cada vez mais cada lado”, completou o jovem, que atualmente é coordenador do grupo de jovens.

Carta na íntegra que o Alexandre recebeu do Vaticano (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: G1

Faça um comentário