Reprodução: CTV
Reprodução: CTV

Após o Angelus deste domingo, 20, o Papa Francisco recordou uma vez mais os atentados terroristas ocorridos na última semana em alguns países. O Santo Padre rezou para que Deus liberte o mundo desta violência.

“Nos nossos corações trazemos a dor pelos atos terroristas que, nestes últimos dias, causaram numerosas vítimas em Burquina-Fasso, na Espanha e na Finlândia. Oremos por todos os falecidos, pelos feridos e por seus familiares; e supliquemos ao Senhor, Deus de misericórdia e de paz, que liberte o mundo desta desumana violência. Rezemos juntos em silêncio e, depois, à Nossa Senhora”, disse Francisco, palavras seguidas da oração da Ave Maria.

Leia também:
Papa no Angelus: É preciso crescer na fé e fortalecer a confiança em Jesus
Papa faz pedido por migrantes e refugiados

Na última quinta-feira, 17, uma van andando a cerca de 80 quilômetros por hora avançou contra uma multidão reunida no tradicional calçadão da Avenida “Las Ramblas”, em Barcelona, na Espanha. Pelo menos 14 pessoas morreram e mais de cem ficaram feridas.

O Santo Padre já havia se manifestado sobre o atentado em um telegrama enviado ao arcebispo de Barcelona, Cardeal Juan José Omella y Omella. Na mensagem, Francisco expressou suas orações pelas vítimas e condenou atos de violência como esse. “O Santo Padre condena uma vez mais a violência cega, que é uma ofensa gravíssima ao Criador, e eleva sua oração ao Altíssimo para que nos ajude a seguir trabalhando com determinação pela paz e a concórdia no mundo”, informou o telegrama assinado pelo Secretário de Estado, Cardeal Pietro Parolin.

Fonte: Canção Nova
Compartilhe:

Faça um comentário