Na fé há o risco de não se compreender a verdadeira missão do Senhor: isto acontece quando se aproveita de Jesus, deslizando para o poder

 

Na Missa em Santa Marta, nesta segunda-feira, 20, o Papa Francisco afirmou que o testemunho dos mártires ajuda-nos a não cair na tentação de transformar a fé em poder.

 

 

Comentando o Evangelho do dia, no qual a multidão circunda Jesus após a multiplicação dos pães e dos peixes, não tanto “por admiração religiosa que te leva a adorar Deus ”mas“ por interesse material”, o Papa Francisco observou que na fé há o risco de não se compreender a verdadeira missão do Senhor: isto acontece quando se aproveita de Jesus, deslizando para o poder.

O Santo Padre recordou que mesmo entre os que seguiam Jesus e entre os apóstolos, como os filhos de Zebedeu, havia quem quisesse ter poder. E assim, para esses, a unção de levar o alegre anúncio, como que se transforma em algo escuro, algo ligado ao poder.

O Papa Francisco afirmou que sempre existiu e existe para todos nós esta tentação do poder, a tentação de passar da admiração e do assombro religioso para a hipocrisia e o poder mundano. E o Senhor alerta-nos para esta tentação dando-nos o testemunho dos santos e dos mártires – sublinhou o Santo Padre:

“O Senhor desperta-nos com o testemunho dos santos, com o testemunho dos mártires, que todos os dias nos anunciam que a missão é caminhar no caminho de Jesus: anunciar o ano da graça.”

O Papa concluiu a homilia pedindo a Deus que nos ajude a não cair no espírito da mundanidade e a acolhermos a graça do encontro com o Senhor.

 

 

Por Rádio Vaticano

Compartilhe:

Faça um comentário