Por onde começar a vida espiritual? Santa Catarina responde
Foto: Divulgação

Se você quer ficar mais perto de Deus, siga este valioso conselho

Santa Catarina de Sena foi uma santa influente do século XIV. É conhecida e amada por muitos pela sua santidade e tenacidade de espírito. Ela teve uma profunda vida interior e foi membro da Ordem Terceira de São Domingos. Muitos de seus pensamentos estão no livro “O Diálogo”.

Um dos conselhos que ela escreveu foi sobre o primeiro passo que alguém deve dar na vida espiritual:

“A alma que é motivada por um desejo muito grande de honrar a Deus começa exercitando-se, por um certo espaço de tempo, nas virtudes comuns, permanecendo na célula do autoconhecimento, a fim de conhecer melhor a bondade de Deus para com ela”.

Veja também:
Como saber se progredimos espiritualmente?
Direção espiritual: o que é?

Ela explica que esse caminho de conhecimento não apenas gira em torno de conhecer melhor quem você é, mas também quem é Deus e o papel Dele em sua vida.

Além disso, Santa Catarina escreveu as palavras de Jesus que foram pronunciadas a ela em uma revelação particular:

“Eu respondo que este é o caminho: se você chegar a um perfeito conhecimento sobre Mim, a Verdade Eterna, ainda assim você nunca deve abandonar o conhecimento de si mesma, e, humilhando-se no vale da humildade, você conhecerá a mim e a você, de onde você tirará tudo o que for necessário”.

Santa Catarina acrescenta que o conhecimento é sempre o primeiro passo na vida espiritual e, naturalmente, leva a pessoa ao próximo estágio da jornada.

Enfim, o conhecimento de Deus, normalmente, precede o amor a Deus, pois geralmente só amamos as pessoas depois que as conhecemos. Portanto, se você procura começar sua jornada em direção a Deus, primeiro tente conhecê-lo através da leitura da Bíblia, bem como das tradições transmitidas por seus apóstolos por meio dos ensinamentos oficiais da Igreja Católica.

Através desse conhecimento de Deus, entenderemos melhor quem somos e estaremos preparados para abraçar o amor de Deus.

Fonte: Aleteia

Faça um comentário