Processo de beatificação do padre Léo é iniciado | Imagem: Canção Nova

Missa do início do processo de beatificação do padre Léo aconteceu no último fim de semana

No último sábado (07/03), deu-se início ao processo de beatificação do padre Léo. A missa foi presidida na Comunidade Bethânia, fundada pelo padre e contou com cerca de 5 mil pessoas.

A fama de santidade do padre Léo se espalhou com suas pregações sobre cura interior, que são compartilhadas na internet e outros veículos de comunicação. Ele sempre teve como propósito acolher as pessoas marginalizadas, fundando assim a Comunidade Bethânia.

Leia mais:
Papa dedica missa aos doentes de coronavírus

Cerca de 4 mil pessoas participaram de celebração pela beatificação de padre Léo em SC — Foto:  Luiz Junior/VipSocial
Missa de abertura do processo de beatificação do padre Léo | Imagem: Luiz Junior/VipSocial

A celebração 15h e contou com a participação dos familiares do padre Léo, dos postuladores do processo de beatificação e de fiéis do Brasil inteiro.

O começo da missa foi marcado pelo momento de levar os restos mortais do padre Léo até o altar, emocionado todos que ali estavam.

Leia mais:
Comunidade católica que se dedica a cuidar de pessoas com deficiência completa 30 anos

Restos mortais do padre Léo foram exumados e colocados em nova urna, para o início do processo de beatificação. Foto: Patrick José
Restos mortais do padre Léo foram exumados e colocados em nova urna, para o início do processo de beatificação. Foto: Patrick José

“Ser santos nós não conseguimos por hereditariedade. Ser humano não é capaz de gerar um santo, ser humano gera um ser biológico. Mas Deus faz desse ser biológico um santo! Esse é o nosso compromisso cristão. Esse é o seguir Cristo!” disse Dom Wilson Tadeu, arcebispo da arquidiocese de Florianópolis, durante a celebração.

Fonte: Vatican News 

Compartilhe:

Faça um comentário