Quais são as 3 faculdades principais dos anjos?
Foto: Hans Memling (circa 1433 –1494)

A angelologia nos permite vislumbrar um pouco mais sobre esses fascinantes espíritos puros criados por Deus

De acordo com a angelologia, os anjos têm três faculdades principais. Quem as explica é o pe. Marcello Stanzione, sacerdote italiano, em seu livro “Pillole di saggezza sugli angeli” (em tradução livre, “Pílulas de sabedoria sobre os anjos“).

1) Inteligência

A primeira faculdade natural dos anjos é a inteligência. Dotados de grande agudeza, eles compreendem sem esforço tudo o que, para nós, é mistério nos fenômenos da natureza.

Eles conhecem todos os seres e suas relações, o homem na sua dupla substância, os povos, as famílias, a sua história e a sua linguagem, as coisas materiais e as leis que governam a sua formação, o seu desenvolvimento, a sua conservação.

Embora não tenham a onisciência de Deus, os anjos também podem ler algumas páginas do mundo futuro.

Veja também:
A Comunhão Eucarística na Mão
O que é “querigma”?

2) Amor

A segunda faculdade dos anjos é o amor, um amor que os atrai a Deus com um poder correspondente à sua inteligência. Ele os inunda de êxtase inefável e os satisfaz em plenitude. Os anjos se reconhecem igualmente honrados quaisquer que sejam os desígnios de Deus para eles: seja custodiar os homens, seja ficar perto da Divina Majestade, seja atuar como mensageiros da Sua Providência…

Os anjos se amam com amor fraterno e amam também os humanos com todo o ardor, fidelidade e doçura da sua inteligência e vontade. Eles se interessam pelas nossas necessidades, são solidários em nossas tristezas e defendem a nossa alma dos perigos que a cercam por todo lado; buscam a nossa felicidade eterna e a maior glória de Deus, amando-nos apesar das nossas falhas e vícios, esquecimentos e ingratidões.

3) Agilidade

Outra faculdade dos anjos é a agilidade: isentos de todo invólucro material, podem atravessar espaços imensuráveis ​​com a rapidez do pensamento. São por isso representados com asas. A “velocidade” dos seus movimentos é a da sua própria vontade.

O profeta Zacarias nos apresenta os anjos “correndo” ao redor do mundo para manter a paz e a harmonia, para difundir em todos os lugares as consolações, as graças e as bênçãos que nosso Senhor os instrui a trazerem para as almas.

Podemos confiar sem medo ao nosso anjo da guarda as nossas mais urgentes súplicas do céu; mensageiro ágil e fiel, ele imediatamente as coloca aos pés do Pai Eterno!

Fonte: Aleteia
Compartilhe:

Faça um comentário