Quaresma: o que significa se abster de algum alimento?| Imagem: Reprodução

Durante o período da quaresma, católicos costumam se abster voluntariamente de algum alimento ou costume.

A abstinência quaresmal está geralmente ligada à privação do consumo de carne ou outro alimento de forma voluntária e ligada a um plano espiritual. Tal gesto é visto pelos fiéis como um ato penitencial, muito comum durante os 40 dias da Quaresma.

O Código de Direito Canônico indica que “todos os fiéis, cada qual a seu modo, por lei divina têm obrigação de fazer penitência”.

Leia mais:
Bispo responsável por Brumadinho participa de Missa com o Papa

Por esse motivo, é recomendado que católicos entre os 14 até os 59 anos façam abstinência às sextas-feiras em memória à Paixão de Cristo. No entanto, as pessoas são livres para fazer seu ato de penitência quaresmal como quiserem. Muito fiéis possuem o costume de se abster de algo durante os 40 dias.

Entre os principais alimentos que são retirados do “cardápio”, pode-se citar a carne, doces, lanches e fast food. Já entre as bebidas, os campeões são a restrições de bebidas de teor alcoólico e o refrigerante.

Todavia, vale ressaltar que o ato de se abster deve estar inteiramente ligado à oração e a conversão. Não se pode se abster de algum alimento visando se aproveitar da quaresma para fazer dieta.

Leia mais:
Faltam 100 dias para a festa do Pai das Misericórdias

A Diferença entre se abster e jejuar

Enquanto a abstinência penitencial consiste em deixar de consumir algum alimento, jejuar significa substituir alguma refeição forte do dia (geralmente o almoço), por pão e água.

Fonte: ACI Digital

 

Compartilhe:

Faça um comentário