Ainda mais, um time que acha que já perdeu deixa brechas por todos os lados.

O pecado quer nos condenar, mas Deus quer nos santificar. É preciso reagir. Um time que está com medo de ser derrotado fica na defensiva: não reage, não resiste. Ainda mais, um time que acha que já perdeu deixa brechas por todos os lados.

Estávamos agindo como esse time. A tentação vinha e acabávamos fazendo o que ela nos apresentava. Vinham pensamentos, desejos, vontades, e acabávamos cedendo; não resistimos. Assim, o pecado ia destruindo nossa vida, nossa família, nossa casa.

O pecado destrói. Podemos pensar que ele é algo insignificante, mas é como a ferrugem. As colunas de ferro são fortes, mas precisam ser pintadas, caso contrário, são atingidas pela ferrugem. O pecado é assim, mansinho como aquela água que ficou no ferro.

Não nos importamos, mas ele vai esburacando nossa alma, nosso coração, nossa vida, e também nossa casa e família. Ele é destruidor e corrosivo. Nossa atitude é dizer “não” ao pecado, firmes na fé!

Já erramos muito e isso nos envergonha. O inimigo usa de nossas recaídas para nos envergonhar. Mesmo querendo romper com o pecado, somos surpreendidos por uma nova e infeliz recaída e nos enchemos de vergonha.

Se infelizmente isso acontece é preciso reagir imediatamente. Nossa primeira reação dever ser o arrependimento. Jesus já pagou o preço desse pecado cometido e de todos os meus pecados. Ele perdoou a totalidade dos nossos pecados na cruz.

Tenha certeza, no momento que você pede perdão o Senhor perdoa. E o Senhor deixou ainda um tesouro, que é o Sacramento da Penitência. É como remédio, mesmo que seja amargo acabamos tomando, porque sabemos que funciona. A confissão é o remédio.

Por amor a Deus, por amor à humanidade e por amor à sua família, não se deixe cair na tentação por nenhum pecado – de modo especial pelo pecado da malícia da impureza -, não se deixe dominar pela tentação do ressentimento, da mágoa, da inveja, do ciúme. Você é a resistência de Deus para sua família!

Monsenhor Jonas Abib

Fundador da Comunidade Canção Nova e presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP). É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 48 livros, Cd´s e DVD´s, além de várias palestras em áudio e vídeo.

Compartilhe:

Faça um comentário