Santa Inês | Imagem: Reprodução

Hoje(21), a igreja celebra o dia de Santa Inês, moledo de pureza e testemunho de fé.

Inês desde pequena era um exemplo de fé. Seu amor por jesus era tão grande, que a menina de apenas 13 anos se consagrou e fez voto de castidade.

De uma beleza exuberante, sempre possuiu muitos pretendentes até que foi pedida em casamento pelo filho do prefeito de Roma.

Sem saber do voto da jovem,ele pedira a mão de Inês várias vezes. Porém, a pequena jovem não podia o aceitar, pois seu único esposo seria Jesus Cristo.

Leia mais:
Hoje é comemorada a festa de São Sebastião, defensor da Igreja.

O rapaz sem se conformar com a rejeição, denunciou Inês como cristã. Naquela época o cristianismo era proibido.

Assim, Inês foi intimida a rejeitar sua fé ou seria condenada a mote. No entanto, ela jamais negaria sua fé em Deus.

Entre as tentativas de faze-la negar, Inês sofreu tortura e também foi levada até um prostíbulo para ser machada pelo pecado. Mas esta foi uma tentativa falha, pois Deus a protegeu.

Leia mais:Joana D’Arc, a santa que representa o empoderamento feminino

Após renunciar a todas as tentativas, Inês morreu degolada.

O dia de Santa Inês é comemorado em 21 de Janeiro. Ela sempre é representada segurando um lírio para simbolizar a pureza, e um cordeiro para representar seu vinculo com Jesus, o cordeiro de Deus.

Fonte: Canção Nova

Compartilhe:

Faça um comentário