Tragédia: filho assiste pai morrer com tiro na cabeça no RJ
Foto: Divulgação

Imagens da câmera de segurança mostram o momento em que um assaltante puxa, na noite de quarta-feira (26), o telefone celular da mão de um menino, de 10 anos, filho do chef de cozinha Francisco Vilamar Peres, de 49 anos.

Francisco reagiu e levou um tiro no rosto. Ele morreu horas depois no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro do Rio.

As imagens, apreendidas pela polícia, registram o desespero da mulher e do filho. Policiais da DH fizeram uma perícia no bar do Rio Comprido. Os investigadores tentam identificar o homem que apontou a arma para Francisco Peres.

Veja também:
Oração para quando houver um enfermo na família
A imagem de São Miguel Arcanjo que presenciou exorcismos em São Paulo

Segundo testemunhas, o criminoso fugiu deixando para trás o telefone celular que estava na mão do menino. Os policiais tentam descobrir se o assaltante teve ajuda para praticar o crime.

A mulher de Francisco, Conceição, está grávida. Ela é mãe de cinco filhos. Nesta tarde de quinta-feira (27), ela esteve no Instituto Médico Legal (IML) para liberar o corpo do marido, vítima do crime.

“Meu filho estava com o celular na mão, jogando e quando chegou o bandido apontou a arma para cabeça do meu filho. E mandou: “passa o celular para cá. Se você não me der, eu ‘te’ atiro”, contou Conceição sobre o momento do crime.

Segundo Conceição, neste momento, Francisco reagiu e o bandido fez o disparo.

Francisco Peres foi levado para o Hospital Souza Aguiar. De acordo com a família, mesmo agonizando, Francisco ficou no corredor da unidade recebendo soro.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde negou que o paciente estivesse no corredor do hospital. Disse que Francisco chegou em estado grave e foi levado para a sala de trauma onde passou por todos os procedimentos. Cerca de 3h depois, ele sofreu uma parada cardiorrespiratória.

Fonte: G1

Faça um comentário