Especialistas e psicólogos afirmam que a posição em que dormimos com nosso(a) parceiro(a) revela como está sendo nosso relacionamento

Ele chegou tarde em casa e não ligou para avisar que ia demorar. Você fez o jantar, ficou esperando e nada. Vocês discutiram e foram dormir brigados, virados de costas um para o outro sem se encostarem. No outro dia, ele liga para você, diz que vai chegar mais cedo e ele mesmo vai preparar um jantar especial. Vocês têm uma noite romântica e vão dormir juntos, abraçados, buscando a posição mais aconchegante possível nos braços um do outro.


De acordo com especialistas em cognição e linguagem, e alguns psicólogos, a posição na qual os casais dormem diz muito sobre o momento pelo qual estão passando no relacionamento. Apesar da variação da linguagem corporal, de um modo geral, a maneira de deitar pode ser uma janela emocional para a situação que o casal vive naquele momento.

Então, como anda o seu relacionamento? Gostaria de conhecer o significado das posições que divide com seu/sua parceiro (a)? Confira!

De costas um para o outro, mas encostados:

costas

Casais que costumam dormir nessa posição refletem que respeitam seu espaço individual, porém, sem perder o contato. São dinâmicos, levam a vida de forma independente, mas sua relação é estável e saudável. Segundo especialistas, essa posição reflete confiança entre o casal sem necessidade de que um esteja na presença do outro.

De costas um para o outro… mas separados:

costas separadas

Essa posição é um alerta de que algo não está bem na relação! Há uma necessidade de manter distância e o desejo de ter maior liberdade na vida de ambos. A falta de contato entre os corpos, que ficam em direções opostas, pode indicar que houve uma forte discussão ou que um dos dois está buscando total independência.

Nesse caso é preciso começar a analisar bem a posição, por exemplo, se as mãos estão fechadas e o corpo tenso, são sinais de que o casal não quer se comunicar e, inclusive, sentem que a presença um do outro é insuportável. Mas, se os corpos estão mais soltos, não há tensão na relação e isso pode indicar que ainda há confiança e respeito pelo espaço um do outro.

De frente um para o outro, mas sem se encostarem:

frente separados

Dormir nessa posição é sinal da busca por intimidade e da existência do desejo de estar perto do parceiro (a). Cada um sabe respeitar os momentos de intimidade do outro, mas tem uma conexão que os impede de se distanciarem. Em geral, esse tipo de casal assume a rotina e os problemas diários mais facilmente.

Entrelaçados:

entrelaçados

Especialistas concordam que essa posição é sinal de uma paixão muito forte. É muito comum quando a relação está começando. Esse entrelaçamento pode revelar desejo, mas, ainda segundo especialistas, é possível que o casal que se acostuma com essa posição pode vir a apresentar situações de ciúmes.


De “conchinha”:

formas_dormir_casal-6

Segundo especialistas, a pessoa que costuma abraçar nessa posição tende a guiar e proteger o companheiro(a). Esse, por sua vez, se sente mais cômodo e seguro ao lado do parceiro e é possível que quando não é abraçado durante o sono se sinta desprotegido. Essa posição reflete a harmonia perfeita entre o casal. Porém, em certas ocasiões também pode indicar a existência de certa insegurança na relação.

Abraçados:

abraçados

Especialistas em linguagem corporal afirmam que essa posição reflete compromisso, amor e carinho entre o casal. Em geral, significa que as coisas estão muito bem. Também afirmam que dormir com a cabeça no ombro do parceiro é um indício de que a pessoa se sente muito segura com seu parceiro.

“O espaçoso e a encolhida”:

espaçoso

Essa não é uma posição boa para o casal. De acordo com especialistas, a pessoa espaçosa na cama não costuma demonstrar afeto por seu (a) parceiro (a). Inclusive, reflete que a relação está passando por um momento difícil, na qual a pessoa que ocupa menos espaço está sofrendo de baixa autoestima e insegurança, enquanto que a que ocupa o maior espaço ainda acredita que a relação é bem sucedida.

Cada um em seu espaço, mas com os pés entrelaçados:

cada um no seu quadrado

Alerta! Essa posição reflete que ambos se amam, mas é preciso prestar atenção na relação. De acordo com especialistas é uma combinação entre amor, paixão e diferenças na relação. O fato de dormir com os pés entrelaçados é um símbolo de compromisso com o outro e cumplicidade entre o casal.

 

Por Catholicus Entretenimento com informações de Melhorcomsaude.com

 

 

Compartilhe:

Faça um comentário